quinta-feira, setembro 07, 2006

Reunião Geral de Professores

Pois hoje lá fui eu no meu leãozinho para a minha escola (já é minha desde 1 de Setembro). Apanhei uns lesmas e tal pelo caminho e demorei uma horita a chegar lá (o caminho de regresso é mais rápido).

Entrei na sala dos professores (que é no bloco onde está o conselho executivo, mesmo ali à mão - eu é que sou cegueta) e disse bom dia (um bocadinho mais alto do que da outra vez, não fosse o caso de não me terem ouvido por eu falar baixo). Eu já estava à espera que não me respondessem pois a sala estava cheia de gente que se conhecia (ou disfarçava muito bem) e que tagarelava, tagarelava, tagarelava... e realmente parece-me que ninguém ouviu. Lá me sentei a observar o pessoal na vã esperança de conhecer alguém (o que seria difícil pois há 4 anos que não dou aulas no norte ou centro...). Sentou-se uma colega ao pé de mim e cumprimentou-me, mais tarde disse-me que pensava que me conhecia de algum lado, mas, claro, não me conhecia de lado nenhum. Mas senti-me menos sozinha, já não foi mau.

E lá segui eu o rebanho para a sala de reuniões onde estava um calor sufocante. Aí conheci a minha delegada e uma colega do meu grupo. Enfim, a reunião durou algum tempo, o CE apresentou-se e o presidente é um cómico, pelo menos tenta fazer rir as pessoas.

Fiquei a saber que tenho que tirar um curso de como ser professora de novo pois metade das mecânicas novas aqui do continente são-me desconhecidas. Bonito, não há dúvida que é bom não saber metade da terminologia quando se vai ser DT. Deve haver um curso em Nova Terminologia da Profissão Docente. Entre horas TEs e TSs, DTs e FCs tenho no horário 26 horas marcadas.

Cada vez trabalhamos mais e recebemos o mesmo... melhor, pagam-nos menos pois afinal tudo sobe menos os nossos salários. E depois vêm-nos comparar como outros países onde os professores isto e aquilo... Paguem-me os 4500 euros da Suíça primeiro e depois falaremos de trabalho...

Recebi o meu horário. Não terei dia livre, mas em compensação (há que ver o lado bom da coisa pois não podemos esmorecer) tenho sexta livre a partir das 11h15 e a segunda livre até às 12h15 e uma tarde livre. E depois, como cereja em cima do bolinho, tenho aulas todos os dias (menos à 2ª feira, claro) às 8h30 (ao menos não são às 8h05 como na Madeira) o que implica estar fora do ninho às 7h... (ai a minha cama...)

E fez-se luz na razão pela qual tenho tantas turmas. A colega cuja vaga foi recuperada para mim apenas queria ter turmas com a disciplina, isto é, não queria nem Estudos Acompanhados, nem Áreas Projecto, nem Apoios nem nada do género... Que me desculpe a colega, mas sinceramente, ela não pode estar bem... E, já agora, se tencionava pedir destacamento para que me deixou este trabalho todo nas mãos???? Enfim... sem mais comentários da minha parte...

Bem, mas não foi tão mau como no primeiro dia. Já tenho é reuniões que nunca mais acabam. Só na 3ª feira vou ter que estar na escola às 9h (ai a minha cama II...) e a minha última reunião é às 16h30...

29 comentários:

bell disse...

Como te compreendo! Eu passei dois anos a levantar-me às 6.20 para sair de casa às 7.20, fazer uma hora de caminho e entrar às 8.20.
Não te preocupes com os TETÉs e TATÁs. Cada escola tem uma terminologia diferente: num lado são OAs, noutro TSs, noutro ainda TEs. Quando vi o meu horário também tive de perguntar: o que é isto? E continuo sem perceber onde vou estar e a fazer o quê nos meus TETÉs e TATÁs.

cinderela-dos-pes-grandes disse...

Professorinha, vejo que as coisas começam a compor-se!.... ;)
Bom trabalho!... beijinho

Cris disse...

As coisas começam, enfim a compor-se para ti. A partir de agora, acredito que vais sentir-te cada vez mais em casa!
E vais conseguir contornar esse excesso de trabalho... Se precisares de uma mãozinha... eu agora posso! É só chamar!

Beijinhos :)
Bom trabalho!

Jade disse...

Olá Professorinha! Infelizmente, parece que já começaste, pelo menos, a meio gás o novo ano que se avizinha. Eu terei amanhã reunião de departamento (na minha escola ainda não houve reunião geral) mas até à data não faço ideia dos níveis que vou leccionar nem de qual vai ser o meu horário. No que diz respeito ao nosso trabalho que cada vez é mais e o salário sempre o mesmo, parece que só mesmo nós, os profs e uma ou outra pessoa é que entendemos isso. Ainda há dois dias atrás um inocente post que eu escrevi gerou alguma polémica porque algumas pessoas ainda não estão sensibilizadas para o quão difícil é ser professor. Mas, no meio disto tudo, o que vale é que a meio do ano já vamos estar rodeadas de pessoas que conhecemos e aprendemos a gostar, sem esquecer os nossos queridos alunos. Um grande beijo!

pa-ciencia disse...

Reuniões, reuniões, reuniões... sempre detestei esta parte da "coisa". Mtas vezes fala-se, fala-se, não se diz nada, as horas passaram e vá de marcar outra reunião! Beijocas ;)
Já agora de que grupo és? Ainda não consegui descobrir ehehehe!

ARTEMINORCA disse...

Professorimha, como eu te compreendo!
Obrigada pelas tuas visitas tão simpáticas. Sou mázinha, mas nem sempre!
Já viste se fôssemos colocadas na mesma escola e eu te dissesse que te conhecia de algum lado... at+e seria verdade!!!
Beijinho, Lu

Cristina disse...

Olá!
Tens que dar graças a Deus de pelo menos teres um emprego, pois pelo que vejo existem muitos professores desempregados não é?

Mas como te compreendo sobre a tua caminha :), eu levo o ano todo a dizer a mesma coisa, e estou sempre morta para chegar ao fim de semana :)

Boa sorte com o começo do ano

:)
beijinhu

the postman disse...

Espera-te larga dose de trabalhos... mas olha, espero que continues sempre a contá-los com este tipo de humor, em tudo pertinente.
Não sou todo ouvidos, talvez seja metade de coração também, e por isso gosto de te ler.
E como percebo todos esses ais de ter que sair da cama!

Anónimo disse...

Acho piada à vossa jovialidade e ingenuidade.Não estou a ser irónica!
Com 26 h marcadas no horário, estava na esperança de ter dia livre? Vá lá, essas manhãs quase livres e essa tarde....já não é nada mau!Com 28 anos de serviço, só nos últimos anos é que tive um dia livre!Sempre com horário de manhã e de tarde e a leccionar 3 e 4 níveis diferentes.
Quanto ao Presidente ser cómico, vá com calma. O da minha escola tem a mania que é muito engraçado, mas no fundo é um arrogante e prepotente...Que tal arranjar tempo para ir lendo a 2ª versão do ECD?

Hindy disse...

Uns com tanto trabalho, outros sem nenhum. Ainda estou à espera de colocações, com alguma sorte fico já na cíclica de amanhã! :o/
Um beijinho

Arte por um Canudo 2 disse...

Ainda bem que aos poucos te vais recompondo do susto que apanhaste daquela 1º apresentação na escola.Pois eu já fiz umas 6 reuniões para tratar desta papelada toda, muito complicado, e para planear esses tótós e tetés todos.Um dia pegaremos nos responsáveis e em frente dos alunos iremos torturá-los com umas sessões destas aulas.Bjs

Anónimo disse...

Olá!
Ao ler este post sorri para mim mesma!
Ainda bem que as coisas estão a começar a correr bem. Estou a torcer por ti.
Ah, já agora quem é que é agora o Presidente do CE?
Beijinhos e fica bem!
Isa

Ari disse...

Estou-te a ver mais animadita :)

As coisas pouco a pouco vão-se compondo.

Beijoka

veritas disse...

Olá Professorinha!

Essa de não dizerem "Bom dia" faz-me lembrar o ano de estágio. Fui parar, por sorteio, a um liceu da cidade, onde tinha sido aluna, onde todos os professores eram jurássicos...a sala dos professores era tipo galeria de arte soturna...estava decorada com retratos de todos os que ali foram reitores...tás a ver? Os cadeirões tipo estilo Luís XVI...Ai! Ai! Toda a gente a olhar para mim como se fosse uma cadelinha rafeira ou tivesse lepra...nariz empinado...indescritível...valeu-me não estar sozinha...tinha as minhas inseparáveis colegas de eestágio...

Bjs.

Gija´s Blog disse...

Aproveita a sorte de teres sido colocada!
Poder ensinar é uma sorte e saber fazê-lo é um dom!
Só é pena que nem todos os dotados tenham sorte...

anokas disse...

olá! sabes que também eu fui "brindada" com uma direcção de turma? pois é... ligaram-me da escola a dizer que sobrou uma turma e "cai mesmo no teu horário!"
boa.. que sorte a minha :)
a minha 1ª direcção de turma eh eh
pena não ficares mais a norte na minha escola... eu seria simpática para ti eheheh
boas reuniões para todos!
bjokas da anokas;)

José Manuel Dias disse...

Olá!

Numa corrida de 100 metros barreiras o que faz saltar o atleta são as barreiras...
A metá está logo ali! Força.
Bjs

IsaMar disse...

Sinto que estás mais adaptada à tua escola...
Pelo menos alguem pediu a tua companhia, o teu dialogo...vai aos poucos...
Como tudo...temos que fazer adaptaçoes.

beijinhos

Klatuu o embuçado disse...

Amiga... é uma professoral oligarquia instalada! E gerida por montes de merda caquéticos!!

Quando se trata assim os jovens professores... percebe-se que a culpa maior está em quem (des)governa... e depois na mediocridade pequeno-burguesa de muito professorzeco... que não lê nada!!

Não desanimes... Dedica-te aos teus alunos... e dá desprezo aos caquéticos de merda que pensam que mandam nas Escolas!

Ghandy disse...

Olá, desde já agradeço as passagens pelo meu humilde blog...
Quanto á nossa profissão de facto isto está cada vez pior, mas se gostarmos daquilo que estamos a fazer já é bom. Lembra-te que há pessoas em situações piores - sem colocação, etc.
Quanto a teres uma direcção de turma de facto é mto trabalhoso (o ano passado tb tive), mas também é um desafio e permite uma vivência diferente com essa turma
Fica bem e Bom Ano Lectivo

Ranhette du Nez disse...

Je remerci ta visite e ton comentaire simpatic.

Ranhette

cinderela-dos-pes-grandes disse...

Klatuu, permita-me que discorde de tamanha generalização: é o primeiro passo para ficar caquético, acredite!... ;)

Eu, pessoalmente, tenho trinta ans de serviço, gosto da minha profissão, tenho vários colegas que foram meus alunos e com quem me dou muitíssimo bem, tal como gosto de trabalhar com os colegas mais novos.

Penso que o problema não está na idade, e tal como não permito que digam mal dos "novos" à minha frente só porque são NOVOS, também não concordo que me chamem nomes só porque não sou recém-chegada a este mundo. Ou não deu conta ainda que em toda as gerações há gente que não presta ou que não sabe ou que não se rala?

O OUTRO nunca presta? E atira-se aos aos burgueses, enquanto diz coisas destas?... Curioso, no mínimo!

Marina disse...

Ai como eu percebo essas saudades da caminha...
De Inverno, a chover la fora, e o nosso despertador a tocar as sete...nao ta com nada, realmente...
Mas antes assim q poder dormir ate ao meio dia porque nao se tem trabalho, n e?

Bom fim de semana!

Andreia do Flautim disse...

Ai a minha vida... Segunda feira vou à escola pela primeira vez, espero que não seja muito mau...

olho_azul disse...

As coisas no início parecem sempre muito negras.Mas à medida que o tempo passa vão-se compondo, como parece ser o caso... De certeza que vais gostar da tua escola e as amizades, essas, de certeza que irão surgir.

P.S. Também tenho um leãozinho, que me acompanha na minha profissão, por este país fora! (O que ele tem andando)

Luigi disse...

A velha questão dos salários... ainda hoje tive essa conversa com alguém.
Apesar de tudo vejo aí alguma boa disposição. Isso é bom sinal. é neccário ter esse espírito e não um espírito demasiadamente combativo porque não vais estar rodeada de feras, espero eu! (ai a tua cama)
Já agora que disciplinas irás leccionar?
Mantém esse espírito na maratona de reuniões, senhora DT :)

peciscas disse...

Vim aqui, pela mão da Andreia, descobrir uma colega.
Com os problemas inerentes à condição de professor que todos temos, mais os que são próprios de quem está nos primeiros anos da profissão.
Para quem cá anda há muito tempo, como eu, essas questões que o pessoal mais novo vive, tais como mudar de escola ano a ano, com tudo o que isso acarreta, no que se refere a deslocações, a adaptações, por vezes não são tão lembradas quanto deveriam ser.
Se calhar nós, os mais velhos,já instalados nas escolas, deveríamos ter um pouco mais de atenção pelos colegas que chegam .
Mas a vida, actualmente, não está fácil para nenhum de nós.
Desejo-te o melhor ano lectivo possível. Aqui fica a promessa de aqui voltar mais vezes.

IC disse...

Subscrevo o comentário de Mesimões. Na minha (ex)escola é tradição fazer uma recepção aos novos professores - uma festinha com a sala decorada, um beberete, e nenhum professor novo na escola fica só. Mas os colegas que habitualmente fazem todos os preparativos são os "velhos" .

Professorinha, bom ano para ti!

cinderela-dos-pes-grandes disse...

IC, obrigada.
Na minha escola é o mesmo, com a diferença de que é o Conselho Executivo que cuida disso desde há muitos anos, pois já uma tradição relativamente antiga a do lanche do início do ano que reúne todo o pessoal, docente e não-docente.
Não tira que realmente nem sempre há sensibilidade para as dificuldades dos mais novos, e que devíamos cuidar não só de os receber mas também de os apoiar, em especial naquelas pequenas coisas que facilitam a vida na escola: onde é, como é, quanto é, quem é quem, etc.
Penso que muitas vezes não se faz por distracção mesmo, mas podemos esforçar-nos para não estarmos distráidos, não é?... :)!